segunda-feira, 1 de outubro de 2007

mais uma segunda-feira....

Como mais um pedaço de pizza. Sobrou de sábado. Adoro pizza. Já engoli os dois comprimidos que deveria tomar agora na hora do almoço. São enormes. Penso no final de semana que foi embora... Vai demorar tanto pra o próximo chegar... Os finais de semana deveriam ser mais longos. Por que não se vota uma lei pra tornar a sexta-feira parte do final de semana? Como mais pizza. Não queria ir trabalhar. Queria ficar em casa deitada. Odeio as segundas-feiras porque elas são o início do fim, do fim do meu sossego...

Mas agora até que estou mais bem-humorada. Talvez quando o pagamento chegar eu esteja já recuperada e pronta pra ficar deprimida ao ver o dinheiro esvair-se da conta enquanto pago minhas dívidas. Acontece todo santo mês desde que tenho um pagamento a receber e até hoje não me acostumei! Impressionante.

Mais pizza.

Fiquei com preguiça de fazer almoço. Bem, pra mim, até sorvete pode ser almoço se for comido depois do café da manhã e antes da janta. Arroz, feijão e similares são perfeitamente substituíveis (eu ia escrever trocáveis porque esqueci momentaneamente a palavra certa... affff... esclerosada!) por qualquer outra coisa mais fácil de fazer ou simplesmente mais gostosa :>

Semana passada eu tomei meu drink favorito: piña colada! Faltou álcool, mas foi melhor assim porque eu tinha aula cedinho no outro dia. O aniversário foi legal. Ri bastante. E lembrei que o meu também está quase aí. Faltam vinte dias só. Adoro fazer aniversário. Queria festa, mas a do ano passado deu prejuízo, então acho mais saudável não inventar mais nada nesse estilo esse ano. Devo chamar o povo pra ir comigo comer pizza e só, como tenho feito nos últimos anos. Afinal, adoro comer e rir junto com minhas amigas e amigos e familiares.

Tive um pequeno surto na sexta à noite, só pra variar, mas o Gustavo sempre me faz repensar nas coisas. Tudo o que tenho de estourada ele tem de reconciliador. Ainda bem.

Sábado teve pizza aqui com umas amigas e amigos que eu não tinham tido a satisfação de suar na sauninha que é minha casa :> Foi bem bacana e começou cedo e acabou cedo, pra minha surpresa. Eu não tinha grana pra fazer nada depois, então fiquei em casa conversando com... adivinhem!... Gustavo. Acho que se ele morasse aqui a gente não se falaria tão freqüentemente. Enfim, seja como for, é bom saber que ele existe pra conversarmos já que, a essa distância, não podemos fazer anda mais divertido, pelo menos não um com o outro... :>

Domingo foi dia de almoço de família: aniversário de 50 anos do meu irmão mais velho. Meio século. Caramba. Será que chego lá?? Se for pra chegar tão bem quanto ele, eu até que quero. O Mano agora até anda quilômetros e quilômetros de bicicleta com meus sobrinhos e outros irmãos beeeem mais novos que ele. Eu não sei mais nem se lembro como é que se anda de bicicleta. Mas a motoca esse ano não me escapa!

Então a tarde foi tranqüila. Até a viagem de ônibus de volta foi tranqüila!

Infelizmente, de noite, uma amiga minha estava muito triste e eu queria poder fazer algo, mas não podia... só podia estar aqui pra ouvi-la... Fico triste por ser tão impotente em situações como essas, ter que ficar vendo a pessoa sofrer e não fazer nada, mas, ao mesmo tempo, cada qual tem que passar por suas provações, carregar suas cruzes, sei lá. Todo mundo sofre. Tem uns que sofrem mais, outros que sofrem menos, tem até quem sofra por não sofrer, mas, enfim, é uma coisa que faz parte da vida de todo mundo e não pode ser negado. Pode até ser amenizado, mas acho que deve ser vivido mesmo pra gente ter idéia do quanto é fantástico estar feliz, ficar contente com coisas pequenas e lindas, sei lá. O sofrimento é necessário. E passa com o tempo. Infelizmente o tempo parece que não passa quando a gente ta sofrendo, mas, eventualmente, acaba passando e a gente melhora dos males de amor e das decepções e coisas afins. Não fosse assim, todo mundo só sofreria de amor uma única vez que duraria a vida inteira... creeeedo.

Tenho que terminar de comer a pizza, a terceira fatia pra ser mais exata, pra ir trabalhar... Desejem-me boa sorte!!!

3 comentários:

lili disse...

eu esqueço tds as palavras tb... especialmente quando tou cansada. eu não tenho nem 22 ainda, acho preocupante.
obrigada pela pizza, foi muito bom! e os pães da pãozeira... ai, ai *_* ;_;
=***

Ricardo Soares disse...

e então??? a pizza acabou ou ainda sobrou ??? e vc continua como eu curtindo Mário Quintana ??
bj
ricardo

Ricardo Soares disse...

ahhhh... dio mio... vc gosta de mário sá carneiro tb... uauuuu... dê uma olhada no marcador poesia do meu blog que vc vai ler o que acho do sá carneiro
bj 2
ricardo