sábado, 27 de outubro de 2012

Cama ardente

Numa noite quente como esta, 
entre lençóis e lembranças, 
quando o suor percorre caminhos que mãos quentes como esta
noite quente percorreram, 
dormir onde se o sono é sonho distante, 
se a memória mais atiça 
e nada acalma, 
tudo pulsa e se move?

Nenhum comentário: